Espírito Santo

Paulo Hartung decreta luto oficial pela morte de Gerson Camata

Por meio de nota, o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, decretou luto oficial de sete dias pela morte de Gerson Camata, ex-governador do Espírito Santo. Veja na íntegra:

“Recebi com muita tristeza a notícia da morte de um amigo, nosso querido ex-governador Gerson Camata. Gerson foi o primeiro governador eleito no nosso Estado no período de redemocratização do país. Fez um governo realizador e que entrou para a história dos capixabas. O Espírito Santo perde uma de suas principais lideranças. Decretei luto oficial de sete dias . Suspendi imediatamente todas as minhas agendas de trabalho para acompanhar de perto a apuração desse crime tão bárbaro . Estou colocando o Palácio Anchieta à disposição da família Camata para que o funeral seja realizado na sede oficial do governo“.

O Movimento Democrático Brasileiro, partido do qual o ex-governador fazia parte, também divulgou nota de pesar:

“É com pesar que comunicamos o falecimento do ex-Senador e ex-Governador do Estado do Espírito Santo, o amigo Gerson Camata.

Sua trajetória, marcada por grandes conquistas e a defesa intransigente da democracia, se soma à capacidade singular de fazer um governo no Espírito Santo, reconhecido por todos, e em três mandatos como Senador da República com expressivos resultados para o povo capixaba. Com toda certeza, o reconhecimento da população acerca desse grande líder político capixaba, já se revela através das manifestações de pesar nas redes sociais.

Nós, emedebistas capixabas e brasileiros, só temos que agradecer pela enorme contribuição que Gérson Camata deu à política e ao país e lamentar a atitude insana de quem o tirou de nós, num ato brutal, covarde e desumano.

Nossos sentimentos à família e amigos, rogando que Deus venha confortar os corações entristecidos neste momento de angústia e dor”.

O prefeito de Colatina, Sérgio Menegueli, também divulgou nota de pesar e decretou luto oficial de três dias:

Resultado de imagem para sergio meneguelli
Prefeito de Colatina, Sérgio Menegueli.

“Intolerância: É assim que expresso meu sentimento de tristeza e lamento pela forma trágica que esse grande político que tanto contribuiu para o desenvolvimento de nosso estado e principalmente o país veio a óbito. Gerson Camata foi um grande capixaba e alcançou as posições de vereador, Deputado Estadual, Deputado Federal, Governador e Senador da República. O município de Colatina decretou luto oficial de três dias. Que os exemplos comprovados por suas características e que o acompanharam por toda a sua vida: ética, lealdade e honestidade possam confortar sua família e seus amigos nesta hora de dor”. 

Também o governador eleito, Renato Casagrande, se pronunciou sobre a morte de Gerson Camata:

Resultado de imagem para renato casagrande
Foto: Renato Casagrande.

“Consternado com o brutal assassinato do ex-governador Gerson Camata. Lamentável que um homem como ele, que tanto contribuiu para o desenvolvimento do nosso Estado, tenha perdido a vida de forma tão trágica. Nos despedimos hoje, com muita tristeza, desse líder carismático e agregador, que fez história no Espírito Santo. À família, meus sentimentos e minha solidariedade nesse momento de dor”, disse o governador eleito, Renato Casagrande, por meio de nota.

Ex-assessor teria matado Camata após ter dinheiro bloqueado na conta

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios